Quem somos?

Teremos todo o interesse em receber as suas sugestões ou pedidos de esclarecimento nos seguintes contactos:

  • Correio electrónico: pais@arsalgarve.min-saude.pt
  • Correio postal:
    "Uma Janela Aberta à Família"
    Equipa de Prevenção de Faro
    Rua Brites de Almeida nº 6, 2º Esq.
    8000-234 Faro
    Telefone: 289889505


O nosso programa pretende ajudar os pais nas suas tarefas através da abertura de uma "janela" de comunicação com técnicos (médicos, psicólogos e outros), sempre que queiram, utilizando as velhas e novas tecnologias de uma forma simples e acessível.
Isto porque consideramos a família o grande suporte físico, afetivo, e cultural da criança mas, também porque temos consciência que apesar da educação de uma criança ser uma função natural dos pais, também é por vezes uma tarefa difícil e até dolorosa.

Iniciado em 2007, este nosso programa de apoio à parentalidade é implementado pela Administração Regional de Saúde do Algarve IP em parceria com as duas unidades do Centro Hospitalar do Algarve, tem sido único no contexto nacional e internacional, e já foi distinguido com um 2º lugar na categoria «Educação» dos Prémios Hospital do Futuro 2011.
Entre 2011 e 2015, fomos co-financiados pelo Programa de Cooperação Transfronteiriça Espanha-Portugal - POCTEP 2007- 2013 (com o apoio da União Europeia - Fundo Europeu de Desenvolvimento Regional (FEDER), o que permitiu o alargamento à Comunidade Autónoma da Andaluzia, culminando em Julho de 2013 com o lançamento na Andaluzia, à semelhança do que já havia no Algarve, de uma plataforma online onde os pais pedem esclarecimentos e/ou apoio de profissionais de saúde relativamente à educação dos seus filhos, sobre parentalidade, sobre saúde materno infantil e a promoção de hábitos de vida saudável.

María Jesús Montero, Consejera de Salud y Bienestar Social de la Junta de Andalucía; e António Pina, coordenador do programa na ARS Algarve, IP

Conferência de imprensa em Sevilha, dia 19-07-2013, com María Jesús Montero (Consejera de Salud y Bienestar Social de la Junta de Andalucía) e António Pina (coordenador do programa na ARS Algarve, IP.)


Em 2016 voltámos a candidatar-nos a fundos comunitários INTERREG com o objetivo de melhorar e expandir a ideia para mais regiões em Portugal e Espanha e atualmente estamos a aguardar a eventual aprovação.

O programa necessita que os pais ou famílias se inscrevam e, estas inscrições no Algarve sucedem sobretudo no momento em que os pais têm contacto com os serviços de saúde, especialmente quando os filhos nascem na maternidade de um dos dois hospitais públicos da Região e, posteriormente, contactam os Centros de Saúde ou para a vacinação das suas crianças ou nas consultas de vigilância infantil.
Nestes momentos de contacto com os pais, é oferecido o manual GUIA PARA PAIS com as orientações mais comuns para o cuidar do seu bebé e com a possibilidade de se inscrever no programa (o atual documento é abrangente e substituiu em 2012 o nosso anterior manual, mais simples e orientado para a vertente psicológica da educação).
Posteriormente, o programa envia informação adaptada à idade da criança para os pais inscritos, com uma periodicidade variável (mensal a anual). Os pais recebem ainda outras informações como o agendamento de videochats interativos onde podem trocar impressões com profissionais de saúde.
Atualmente também já iniciámos a oferta do GUIA PARA GRÁVIDAS a todas as grávidas que fazem consultas de vigilância ao nível dos centros de saúde do Algarve, completando assim, a abrangência das nossas atividades a todo o período parental do ciclo de vida humano, desde que as pessoas pensam ter filhos, passando pela gravidez e parto, e terminando no cuidar dos filhos até que estes atingem a maioridade.

No entanto, também é possível fazer a inscrição pela internet e por isso sempre tivemos um impacto global que, de forma crescente, tem vindo a ultrapassar os limites territoriais da Região do Algarve.

Neste momento o programa oferece os seguintes serviços gratuitos:

1º- Guia para Grávidas entregue nos centros de saúde do Algarve
2º - Guia para Pais (durante o puerpério) entregue nos hospitais públicos do Algarve
3º - 17 Boletins  mensais / anuais  já construídos para crianças dos  3 meses aos 15 anos.
4º - 11 SMS enviados por telemóvel aos pais inscritos desde a 8ª semana da gravidez até ao 12º mês de vida da criança
  • Avaliações anuais.


O programa tem sido construído graças a muitas pessoas. Referimos em primeiro lugar a Equipa Coordenadora na ARS Algarve, IP.:

  • António Pina – médico.
  • Helena Coelho – psicóloga.
Helena Coelho
  • Pedro Miquelina – informático.
  • Patrícia Guerreiro – assistente técnica.
  • Marco Ramos – financeiro
  • Susana Nunes – designer.

e os nossos consultores principais:

 

   
 

Tem sido fundamental o trabalho das enfermeiras dos serviços de obstetrícia do Centro Hospitalar do Algarve (Unidade de Faro e Portimão), nomeadamente as suas responsáveis: enf. Alda Santos, enf. Custódia Barreto e enf. Maria José Fonseca.
Têm também contribuído como consultores e autores de conteúdos muitos outros profissionais que discriminamos em seguida por ordem alfabética :
 

  • Ana Candeias (nutricionista, ACES Central / ARS Algarve)
  • Ana Figueiredo (higienista oral, ACES Sotavento / ARS Algarve)
  • Ana Lam (enfermeira, ACES Central / ARS Algarve)
  • Ana Luísa Cavaco (enfermeira saúde materna, Hospital de Faro)
  • Ana Margarida Brito (enfermeira do Núcleo de Apoio a Crianças e Jovens em Risco de Faro)
  • Carla Mendonça (pediatra, Hospital de Faro)
  • Conceição Ribeiro Santos (enfermeira saúde materna, Hospital de Faro)
  • Conceição Rosa (CPCJ de Faro)
  • Cristina Gouveia (pediatra, ACES Central / ARS Algarve)
  • Daniela Machado (psicóloga, ACES Central / ARS Algarve)
  • Elsa Maia (enfermeira saúde materna, ACES Central / ARS Algarve)
  • Elsa Rocha (pediatra, Hospital de Faro)
  • Fátima Silva (enfermeira, ARS Algarve)
  • Francisco Vilaça Pedro (médico de medicina geral e familiar, ACES Barlavento)
  • Helena Massena (médica de saúde pública, ARS Algarve)
  • Ilza Martins (psicóloga, ACES Central / ARS Algarve)
  • Isabel Mendes (pediatra, Hospital de Faro)
  • Joana Gomes (psicóloga, Hospital de Faro)
  • Joana Sousa (psicóloga, Associação para o Planeamento Familiar)
  • Josefina Torrão (enfermeira, Hospital de Faro)
  • José Maio (pediatra, Hospital de Faro)
  • Lígia Monterroso (enfermeira, ACES Barlavento / ARS Algarve)
  • Luísa Gaspar (pediatra, Hospital de Faro)
  • Margarida Nicolau (fisioterapeuta, ACES Central / ARS Algarve)
  • Maria José Fernandes (psicóloga, Hospital de Faro)
  • Mariana Ponte (enfermeira de saúde materna, ACES Central / ARS Algarve)
  • Marta Chaves (psicóloga, ACES Central / ARS Algarve)
  • Marta Sobral (médica obstetra, Hospital de Faro)
  • Mónica Madeira (terapeuta da fala, ACES Central / ARS Algarve)
  • Mónica Mexia (psicóloga, DICAD / ARS Algarve)
  • Olga Romeira (enfermeira de saúde materna, ACES Central / ARS Algarve)
  • Olga Viseu (médica ginecologista, Hospital de Faro)
  • Paula Caleça (psicóloga)
  • Raul Coelho (pediatra, Hospital de Faro)
  • Rita Guapo (psicóloga, Associação para o Planeamento Familiar)
  • Sónia Coelho (psicóloga, ACES Central / ARS Algarve)
  • Susana Duarte (pediatra, CHBA)
  • Susana Moleiro (pediatra, Hospital de Faro)
  • Susana Vicente (enfermeira e conselheira de aleitamento materno no Hospital de Faro)
  • Telma Guerreiro (terapeuta da fala, ACES Central / ARS Algarve)
  • Tânia Monteiro (pediatra, CHBA)
  • Teresa Sancho (nutricionista, ARS Algarve)
  • Vânia N. Rodrigues (higienista oral, ACES Central / ARS Algarve)
  • Vera Ribeiro (médica obstetra, Hospital de Faro)
  • Vera Santos (pediatra, Hospital de Faro)

Justo será agradecer também o apoio dos dirigentes à pequena equipa inicial, nomeadamente ao Dr. Rui Lourenço (então presidente da ARS Algarve, IP), ao Dr. António Camacho (então delegado regional do Algarve do IDT, IP) e, particularmente, ao Dr. Eusébio Pacheco (então vogal do CD da ARS Algarve, IP), que nos acompanhou com uma enorme proximidade durante estes primeiros anos.

Em 2013 implementámos um estudo de investigação sobre a eficácia das diferentes formas de comunicação utilizadas no nosso programa, cuja versão resumida está publicada no Portal de Literacia Mediática (versão completa aqui).

Reconhecimentos:
  • Em Junho de 2008 foi considerado pelo Observatório Português dos Sistemas de Saúde, no seu relatório da primavera, o projeto de promoção da saúde mais inovador;
  • Em Novembro de 2011, obteve um 2º prémio na categoria de Educação para a Saúde, do Fórum Hospital do Futuro.
  • Em Maio de 2014, obteve o Prémio de Mérito e Excelência, atribuído no Seminário Técnico da 6ª Semana do Bebé de Olhão.


Notícias na web sobre o programa:
  • Entrevista à estação de rádio Antena 1 no dia 22 de Abril de 2008
  • Vídeo do Observatório do Algarve no dia 19 de Fevereiro de 2011
  • Video sobre o 1º Encontro Encontro Algarve - Andaluzia do programa, no dia 31 de Março de 2012
  • Apresentação do programa na Andaluzia, dia 19 de Julho de 2013
  • Excerto da reportagem no programa "Solidarios" da TV andaluza (Canal Sur), dia 30 de Novembro de 2013 (para ver todo o programa clique aqui e espere pelo minuto 21º).

Relatórios Anuais produzidos no âmbito do programa: